PLANTAS PENDENTES

CASA SUSTENTÁVEL DE PAPELÃO QUE DURA 100 ANOS
18 de junho de 2019
Exibir tudo

PLANTAS PENDENTES

 

Inserir plantas na decoração envolve muito mais do que escolher plantas em uma floricultura. É complementar e dar vida a um projeto, aprimorando seu design espacial através da inserção de espécies naturais. Trata-se de unir a natureza aos interiores com o propósito de embelezar os lugares, mas também de fornecer a melhor qualidade de vida e inspirar seus usuários.

O profissional de paisagismo juntamente com o designer de interiores que inseriu a planta no projeto, pode cuidar de ambientes de recreação, comércio, aprendizagem, reflexão, cura, e outros. Mas, sua atenção será mais voltada às áreas de trabalho. O efeito de uma única planta, bem colocada dentro do ambiente, faz com que todos os elementos ao redor se suavizem. Dependendo da sua estrutura e forma, diferentes fenômenos visuais podem ser gerados.

Um dos charmes da hera são suas folhas variegatas (ou variegada). Isso é uma característica de algumas plantas terem folhagens com manchinhas mais claras, quase brancas. Cobrindo paredes, muros e árvores, a hera é conhecida por muitos como trepadeira. Dentro de casa, ela também pode ser utilizada de forma pendente. Suas folhas pequenas, recortadas e de coloração verde escura com detalhes em branco são delicadas e ornamentais. Essa espécie multiplica-se facilmente por estaquia em qualquer época do ano.

É recomendado irrigar periodicamente, mas com prudência. Ela não lida bem com solos encharcados. De 2 a 3 vezes por semana pode ser uma boa medida, mas sempre conferindo a terra antes da nova rega. Iluminação:  é uma espécie bem resistente a mudanças de temperatura. Tolera geadas e ao mesmo tempo adora sol pleno. Também se adapta bem à meia-sombra. Problemas Comuns: para não ser pego de surpresa, é bom saber que esta é uma planta que pode crescer desenfreadamente quando apoiada em outras espécies ou superfícies (é até considerada por alguns como “parasita”). Nesses casos, recomenda-se a poda constante para o controle de crescimento. Quando usada como pendente, é comum que, na medida em que ganha comprimento, comece a perder folhas mais próximas à raiz, para economizar energia e continuar crescendo. Para evitar que isso aconteça, aumente a frequência das regras e mantenha a adubação em dia. E não tenha medo de podar! Aproveite para fazer novas mudas.

MONSTERA OBLÍQUA: Monstera é um gênero com cerca de 60 espécies originárias do México e da américa tropical. A espécie oblíqua, também chamada de “Swiss Cheese Plant”, apresenta folhas com recortes muito ornamentais. Geralmente é cultivada perto de muros, paredes ou troncos de árvores, mas também funciona quando usada como planta pendente, já que seus galhos se derramam, criando um efeito decorativo cheio de vida. Mantenha à meia-sombra e regue bem duas vezes por semana.

Os cuidados variam de acordo com o ambiente, a espécie, disponibilidade de luz, umidade do espaço, temperatura e recipiente onde a planta está acondicionada. As indicações acima devem servir para orientar um primeiro contato, não são uma fórmula definitiva. Fique sempre atento às respostas da sua planta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MK Designer de Interiores

MK Designer de Interiores

error: Content is protected !!